Brexit pode ser bom para o Brasil

De acordo com pesquisa da Bain & Company, o cenário de um Brexit moderado ou agressivo, que pode incluir um rompimento com o mercado livre da União Europeia, deve gerar bloqueios na cadeia de abastecimento que reduziriam o lucro líquido das principais indústrias do Reino Unido em até 30%, o que equivale a R$11,97 bilhões.

Esse é o impacto previsto, considerando a ruptura brusca que mudaria o padrão dos tributos (alta de 2% a 10%) sobre todas as importações e exportações e o aumento de 10% no custo de trabalho local, além de uma desvalorização de 20% da libra.

A consultoria avalia que nesse caso países fora da Europa que exportam produtos para o Reino Unido, como o Brasil, teriam taxas menores e, portanto, se beneficiariam. Os setores ingleses que enfrentariam mais dificuldades nesse cenário são o de varejo alimentar, o automotivo e o de tecnologia, que veriam cair os lucros de 20% a 30%, enquanto os segmentos farmacêutico e aeroespacial teriam vantagens.

Sobre a Bain & Company, Inc.

Bain & Company, uma das maiores consultorias de negócios do mundo, orienta clientes em relação a estratégias, operações, tecnologia, constituição de empresas, fusões e aquisições, desenvolvendo práticas que assegurem aos clientes transparência nos processos de mudança e tomada de decisões. A Consultoria trabalha em sinergia com os clientes, vinculando seu fee aos resultados. O desempenho dos clientes da Bain superou o mercado de ações em 4 para 1. Fundada em 1973, a Bain conta com 55 escritórios em 36 países e atua junto a grandes empresas multinacionais, de private equity e outras corporações em todos os setores da economia. Para mais informações, visite: www.bain.com.br. Twitter: @BainAlerts.