Negócio de Luxo

Após uma queda de 17% em 2012, a venda de diamantes brutos no mundo cresceu 2% em 2013, segundo relatório anual da consultoria Bain & Company.

O comércio de diamantes polidos e cortados subiu 4% no mesmo período. Entre 2011 e 2012, o segmento teve uma retração de 8%.

O desempenho é reflexo de uma estabilização do mercado desde a retomada após a crise de 2008.

No ano, foram extraídos 130 milhões de quilates do mineral bruto no mundo -2% a mais que em 2012, enquanto o volume lapidado foi de 25 milhões de quilates (19% da matéria-prima total).

Cinco grandes produtores detiveram 70% de todo o montante vendido e 85% da receita global, diz a entidade. O conglomerado De Beers lidera o grupo.

A maior parte da demanda (95%) vem de joalherias e somente 5% de pessoas interessadas em investir na pedra.