Bain uses cookies to improve functionality and performance of this site. More information can be found in our Privacy Policy. By continuing to browse this site, you consent to the use of cookies.

We have limited Portuguese content available. View Portuguese content.

Press release

Covid-19: Pesquisa da Bain mostra que três em cada quatro empresas planejam investir mais em inteligência artificial e machine learning

Covid-19: Pesquisa da Bain mostra que três em cada quatro empresas planejam investir mais em inteligência artificial e machine learning

Levantamento apontou também estagnação na queda de gastos em produtos essenciais e serviços

  • julho 30, 2020
  • min read

Press release

Covid-19: Pesquisa da Bain mostra que três em cada quatro empresas planejam investir mais em inteligência artificial e machine learning

Uma das consequências da pandemia causada pela Covid-19 foi uma revisão de custos e busca por digitalização em empresas em todo o mundo. Com isso, muitos executivos passaram a revisar seus investimentos em tecnologia para entender melhor seu potencial de aumentar o valor para os negócios, além de reduzir custos e maximizar o retorno dos investimentos.

Um levantamento feito pela Bain & Company revelou que 77% dos executivos planejam aumentar os investimentos em automação em geral, incluindo aqueles fundamentados em aplicações de Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning.

Outro aspecto apontado pela pesquisa foi que, à medida em que as formas de interação entre colegas de trabalho e com clientes são transformadas, com o virtual ganhando ainda mais relevância sobre o presencial, a aplicabilidade e resultados da Inteligência Artificial aumentam significativamente.

"A digitalização está acelerando e estamos gerando e armazenando mais dados do que nunca. Com isso, as ferramentas de IA podem ficar ainda melhores. E, se antes dependíamos da experiência e aprendizado individuais, agora podemos acelerar nosso aprendizado e criar soluções ainda melhores", explica Livia Moura, sócia da Bain & Company.

A automatização será cada vez mais crítica para entregar e monitorar o nível de serviço. Será crítico proteger nossas interações que, cada vez mais acontecem via diferentes softwares.

Os dados também indicam a necessidade de uma aceleração rápida no ritmo de adoção da Inteligência Artificial. "Esta é a constatação de um grande desafio. Embora muitos compradores e vendedores de tecnologia compreendam a necessidade e a oportunidade, eles estão insatisfeitos com seu progresso até agora", comenta Livia.

Um longo caminho até a adoção

Uma outra pesquisa da Bain, realizada em 2019, descobriu que 90% dos executivos de tecnologia vêem a IA e o machine learning como prioridades que deveriam incorporar em suas linhas de produtos e negócios. Porém, quase o mesmo número (87%) também disse que não estava satisfeito com a abordagem atual de IA da empresa.

Segundo os executivos, há ainda um longo caminho para o retorno do investimento e o pleno potencial da Inteligência Artificial. Ainda é complexo mobilizar a organização em torno de soluções de IA e pode ser um desafio fazer com que ela realmente faça o que as empresas precisam.

E ainda, muitos executivos não acreditam ter o talento disponível para o desenvolvimento de soluções dentro de casa.

"Se por um lado vemos que a adoção está nos planos de executivos desde 2018 com avanços limitados, por outro vemos um cenário de aceleração catalisado pela pandemia", completa a sócia.

Article

Will the Pandemic Accelerate Adoption of Artificial Intelligence?

AI and machine learning have never been so vital, but executives aren’t satisfied with the progress so far.