We have limited Portuguese content available. View Portuguese content.

Press release

5G exigirá altos investimentos, mas poderá ser responsável por 81% de todas as conexões móveis até 2030, aponta Bain

5G exigirá altos investimentos, mas poderá ser responsável por 81% de todas as conexões móveis até 2030, aponta Bain

Novo estudo da Bain aponta desafios e oportunidades da tecnologia com a chegada do 5G no Brasil

  • julho 29, 2021
  • min read

Press release

5G exigirá altos investimentos, mas poderá ser responsável por 81% de todas as conexões móveis até 2030, aponta Bain

São Paulo/Brasil, 29 de Julho de 2021 - Um novo estudo da Bain & Company, sobre desafios e oportunidades da tecnologia  5G no Brasil, aponta estimativas de que a quinta geração será responsável por 35% de todas as conexões móveis até 2025 e corresponderá a 81% até 2030.

De acordo com a análise, isso acontecerá à medida em que haja a expansão da cobertura 5G, construída por grandes operadoras (principais centros urbanos de grande e médio porte) e potencialmente por operadoras regionais (cidades de médio e pequeno porte), e a medida em que a penetração de aparelhos 5G ocorra na base de usuários pós-pagos e, posteriormente, na base de pré-pagos.

A consultoria também projetou o potencial do mercado de 5G. Em 2025, ele já deve movimentar R$ 36 bilhões, atingindo a marca de R$ 74 bilhões cinco anos depois, em 2030.

Apesar de perspectivas positivas, o relatório mostra que os desafios para a implantação do 5G no Brasil são grandes. Por ter um retorno incerto, com novas obrigações onerosas que surgem conforme o projeto avança, as empresas precisam estar preparadas para diferentes cenários e novos desdobramentos.

Cenário Global

Apesar das inúmeras incertezas quanto à oferta e demanda de serviços 5G no Brasil, o contexto global de implantação da tecnologia oferece importantes insights sobre como esses temas devem evoluir no Brasil. O relatório aponta uma forte preponderância de operadoras legadas, com participações pontuais de operadoras fixas e infracos focadas no mercado móvel.

O estudo aponta os principais impactos que a chegada do 5G trará para o Brasil, tanto para as operadoras de maior porte, quanto para operadoras regionais e infracos:

Curto  e Médio Prazo - O 5G oferecerá às operadoras de rede móvel uma oportunidade para repensar o negócio e apresentar um diferencial de qualidade de rede, além de expandir seu alcance no mercado de banda larga fixa através das soluções de acesso fixo wireless . A depender da presença de novos competidores, Isso afetará diretamente o cenário das operadoras móveis, promovendo uma maior disputa entre as mesmas (mesmo com a saída recente da Oi). Para as operadoras regionais, o 5G oferece uma nova alternativa de crescimento, principalmente em mobilidade. Dados o cenário no qual operadoras FTTH possuem economics bastante favoráveis , acreditamos que o negócio de FTTH será resiliente e, em linhas gerais, não será negativamente afetado pelo 5G. InfraCos, por outro lado, tem uma oportunidade em oferecer tanto aos operadores nacionais quanto regionais alternativas ao modelo tradicional de construção de rede, indo além da oferta de infraestrutura passiva.

Longo Prazo - Poderá permitir que operadoras ofereçam novas aplicações inovadoras, combinando, por exemplo, baixa latência, elevado número de conexões simultâneas e soluções computacionais EDGE. Isso impactará em transformações relacionadas à internet das coisas, realidade virtual, dispositivos conectados, cidades inteligentes, além de beneficiar indiretamente vários setores da matriz econômica brasileira.

Novos Casos de Uso e Acesso à Banda Larga

A mobilidade continua a ser o principal foco para o 5G, sendo o FWA (Fixed Wireless Access) amplamente utilizado por operadoras como um complemento aos serviços oferecidos. Casos de uso mais sofisticados em B2C e B2B envolvendo, por exemplo, realidade aumentada (AR) e realidade virtual (VR) possuem potencial importante, mas ainda se encontram em um estágio embrionário nos vários mercados avaliados, requerendo maior tempo de maturação. De forma análoga a outros mercados, o relatório aponta que são esperados que estes casos de uso tenham peso inicial relativamente reduzido na composição da receita 5G das operadoras brasileiras.

Sobre a Bain & Company

Somos uma consultoria global que auxilia empresas e organizações a promover mudanças que definam o futuro dos negócios. Com 63 escritórios em 38 países, trabalhamos em conjunto com nossos clientes, como um único time, com o propósito compartilhado de obter resultados extraordinários, superar a concorrência e redefinir indústrias. Complementamos nosso conhecimento especializado integrado e personalizado com um ecossistema de inovação digital a fim de entregar melhores resultados, com maior rapidez e durabilidade.

Com o compromisso de investir mais de US$1 bilhão em serviços “pro bono”, em 10 anos, usamos nosso talento, conhecimento especializado e percepção em prol de organizações que enfrentam atualmente os desafios urgentes relacionados ao desenvolvimento socioeconômico, meio ambiente, equidade racial e justiça social. Recentemente, recebemos a classificação ouro da EcoVadis, plataforma líder em classificações de desempenho ambiental, social e ético para cadeias de suprimentos globais, o que nos coloca entre os 2% melhores entre outras consultorias de mercado.

Desde nossa fundação em 1973, medimos nosso sucesso pelo de nossos clientes e temos o orgulho de manter o mais alto nível de satisfação em nossa indústria. Saiba mais em www.bain.com.br e em nosso LinkedIn Bain & Company Brasil