We have limited Portuguese content available. View Portuguese content.

LinkedIn

2021: o ano crucial para as ações climáticas

2021: o ano crucial para as ações climáticas

2021 vai chegando ao fim deixando uma mensagem extremamente importante: a urgência na aceleração de ações em prol do meio ambiente. Confira o artigo de Stefano Bridelli.

  • min read

Article

2021: o ano crucial para as ações climáticas
pt-BR

Brasil, 15 de dezembro de 2021 - O ano de 2021 vai chegando ao fim e deixa uma mensagem extremamente importante sobre as ações climáticas que deverão se intensificar daqui em diante. Em um cenário completamente atípico para o meio ambiente, somado a um período de crise pandêmica, vimos o quão relevante têm sido as discussões sobre o futuro e o desenvolvimento da economia global, especialmente quando se leva em conta a busca de emissão zero de carbono por empresas e governos até 2030. Como já destaquei anteriormente neste espaço, 2021 foi marcado pela hora da verdade na tomada de ações por líderes e organizações.

Pudemos ver as discussões se intensificando na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP26), realizada em novembro, em Glasgow. Dada a emergência climática, o fórum reafirmou a urgência da tomada de ações e do comprometimento por parte das lideranças globais em financiar US$ 100 bilhões por ano até 2025, com o propósito de reduzir o aquecimento do planeta. Isso em um ano que, de acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), tem 99% de chance de ser um dos mais quentes registrados desde 1880.

Toda a mensagem que permeou a COP26 alimentou um sentimento que já vinha crescendo entre governos e lideranças empresariais. Os esforços conjuntos em torno das ações para as mudanças climáticas foram acelerados neste ano. Isso pôde ser observado pelo número de organizações que se comprometeram a alcançar as metas de emissões de carbono estabelecidas pela Science Based Targets Initiative (SBTI). Neste ano, o número ultrapassou a marca de 2.100 companhias signatárias, mais que o dobro de um ano antes. Nós, da Bain, passamos a fazer parte desse compromisso em 2020. 

Além disso, as pautas relacionadas às práticas de ESG (ambientais, sociais e de governança) passaram por um novo olhar pelas organizações e por investidores. Na Bain, fazemos parte desse compromisso em contribuir para que as organizações possam cada vez mais inserir em suas estratégias de negócios as melhores práticas sociais e ambientais. Um levantamento recente já demonstra que os investidores aplicam cada vez mais os princípios de ESG no momento da tomada de decisão em investimentos.

A mensagem que fica registrada em 2021, e que certamente ecoará nos próximos anos com muito mais intensidade, é que tanto os temas ligados à sustentabilidade quanto os de respeito ao social serão ressignificados. Na Bain, acreditamos que alguns pontos foram particularmente importantes neste ano. Entre esses, listamos:

Um novo patamar nas ambições climáticas – Os esforços para a descarbonização foram acelerados, com o foco modificado para soluções que permitam alcançar o objetivo das organizações em net zero.

Ativos redirecionados para net zero – Os investidores e gestores de fundos estão examinando cada vez mais suas carteiras em busca de investimentos net zero. A alocação de capital mudará, com o custo financeiro vinculado à exposição ao carbono.

Tecnologias verdes estão sendo aceleradas – Os investimentos públicos e privados no desenvolvimento  de tecnologias de baixo ou zero carbono seguem em evolução.

O ano de 2021 serviu para jogar luz sobre a urgência na aceleração de ações em prol do meio ambiente. O que vimos acontecer foi significativo. As lideranças perceberam que um plano de ação se fazia necessário. Mesmo diante de um desafio constante, a inovação e a sustentabilidade permaneceram aliadas. O que nos leva a crer que, em 2022, muitas dessas pautas serão intensificadas. 

Tags
Tags

Quer saber mais?

Ajudamos líderes do mundo todo a lidar com desafios e oportunidades cruciais para sua organização. Juntos, criamos mudanças e resultados duradouros