Bain uses cookies to improve functionality and performance of this site. More information can be found in our Privacy Policy. By continuing to browse this site, you consent to the use of cookies.

We have limited Portuguese content available. View Portuguese content.

Brief

Desenvolvendo uma estratégia para a indústria química brasileira
pt-BR

Entre 2000 e 2006, a balança comercial do setor químico no Brasil manteve-se relativamente estável, com um déficit anual entre 6 e 9 bilhões de dólares. A partir de 2007, o déficit comercial aumentou substancialmente, atingindo 28 bilhões de dólares em 2012. Dois fatores principais concorreram para esse fenômeno: (i) o descompasso entre o crescimento da produção da indústria química nacional e a evolução do consumo doméstico e (ii) o aumento do valor agregado das importações em relação às exportações de produtos químicos.

Com o objetivo de contribuir para a reversão desse quadro, o Estudo proposto pela Chamada Pública BNDES/ FEP No. 03/2011 busca identificar e avaliar oportunidades de diversificação da indústria química brasileira, com ênfase em produtos químicos de maior valor agregado, no fortalecimento e expansão das cadeias produtivas e, no desenvolvimento e implementação de novas tecnologias. O Estudo também procura contribuir para o desenho de instrumentos e ações de uma política industrial para o setor químico.

Download PDF

Tags

Want to continue the conversation

We help global leaders with their organization's most critical issues and opportunities. Together, we create enduring change and results