We have limited Portuguese content available. View Portuguese content.

Press release

Pesquisa NPS Prism: na avaliação dos consumidores, bancos digitais ainda estão à frente dos tradicionais, mas a diferença vem caindo nos últimos anos

Pesquisa NPS Prism: na avaliação dos consumidores, bancos digitais ainda estão à frente dos tradicionais, mas a diferença vem caindo nos últimos anos

A disparidade entre as pontuações de NPS desses segmentos reduziu 10 pontos de 2020 a 2022

  • setembro 28, 2022
  • min read

Press release

Pesquisa NPS Prism: na avaliação dos consumidores, bancos digitais ainda estão à frente dos tradicionais, mas a diferença vem caindo nos últimos anos

Brasil, setembro de 2022 - A mais recente pesquisa NPS Prism, da Bain & Company, mostra que os esforços das instituições tradicionais para melhorar a experiência de seus clientes começam a dar resultados. Nos últimos dois anos, o gap na comparação com a satisfação de usuários de bancos digitais caiu 10 pontos.

O NPS Prism é um serviço de benchmarking da Bain com foco na experiência do cliente para guiar executivos na criação de melhores experiências em produtos e serviços. No quarto trimestre de 2020, a diferença entre a avaliação de bancos digitais e tradicionais, medida pela ferramenta, chegou a alcançar 40 pontos. Desde então, o NPS dos bancos incumbentes passou de 30 para 45. A redução no gap só não foi maior porque os bancos digitais também melhoraram seu indicador, subindo de 70 para 75.

Entre as razões para a aproximação dos índices de NPS de bancos tradicionais e digitais está a introdução do Pix, implementado no Brasil em outubro de 2020. O meio de pagamento eletrônico criado pelo Banco Central elevou a percepção de melhor experiência de forma geral e influenciou positivamente o NPS. No entanto, isso aconteceu com maior evidência entre os bancos incumbentes, ou seja, nas grandes instituições integrantes de conglomerados financeiros.

Na pesquisa, foram considerados 13 episódios que avaliaram a experiência dos clientes com suas contas correntes ou de poupança. Entre eles, o que mais elevou o NPS foi o episódio de transferir dinheiro, uma ação ligada ao uso do Pix.

Outro dado que chamou a atenção na pesquisa foi a questão de principalidade, ou seja, entre os bancos onde o consumidor possui relacionamento, qual a instituição onde ele concentra suas transações. Nesse tópico, os digitais têm avançado na principalidade, inclusive entre a carteira de clientes dos bancos tradicionais. No entanto, apesar da evolução de alguns players digitais, os incumbentes ainda lideram esse quesito, especialmente nos segmentos de média e alta renda, considerados os mais rentáveis.

A pesquisa NPS Prism também levou em conta a satisfação dos clientes com sua conta corrente ou poupança, tanto do grupo de líderes digitais quanto tradicionais. Aqui, as razões de escolha do banco provedor variam bastante. Enquanto para o grupo dos líderes digitais destacam-se atributos relacionados a preço/proposta de valor, para o grupo dos líderes tradicionais aparecem com maior relevância atributos funcionais.

Isso mostra que a concorrência entre bancos digitais e tradicionais continua acirrada, com a taxa de NPS crescendo em quesitos para além do foco original de cada instituição. Um bom sinal de que, para manter a competitividade, os bancos têm investido para entender e atender às necessidades de seus clientes, considerando os benefícios que a aplicação correta do NPS podem trazer para as empresas.

Sobre o NPS Prism: NPS Prism é uma ferramenta de diagnóstico de experiência do cliente e contextualização do NPS (Net Promoter Score), indicador criado pela Bain & Company para avaliar o valor do cliente ao longo de sua relação com a marca. Ao oferecer uma visão competitiva da experiência proporcionada aos clientes por cada um dos players nos setores avaliados, o NPS Prism possibilita às empresas gerar análises e insights baseados nas opiniões dos consumidores em diferentes momentos das suas jornadas e auxilia na tomada de decisões estratégicas frente aos movimentos do mercado. Além disso, permite também que as companhias possam monitorar não apenas a própria evolução do NPS, mas também compreenderem qual a posição relativa no mercado, a quais oportunidades e ameaças devem se atentar e qual a relevância das novas tendências do mercado na opinião dos consumidores. Para mais informações e acompanhar os insights mais recentes sobre o NPS Prism, acesse nosso site.

Sobre a Bain & Company

Somos uma consultoria global que auxilia empresas e organizações a promover mudanças que definam o futuro dos negócios. Com 64 escritórios em 39 países, trabalhamos em conjunto com nossos clientes como um único time, com o propósito compartilhado de obter resultados extraordinários, superar a concorrência e redefinir indústrias. Em 2022, a Bain completa 25 anos de atuação na América do Sul, trabalhando fortemente em conjunto com as maiores companhias líderes de seus segmentos. Complementamos nosso conhecimento especializado integrado e personalizado com um ecossistema de inovação digital a fim de entregar os melhores resultados, com maior rapidez e durabilidade.

Com o compromisso de investir mais de US$ 1 bilhão em serviços pro bono em dez anos, usamos nosso talento, conhecimento especializado e percepção em prol de organizações que enfrentam atualmente os desafios urgentes relacionados ao desenvolvimento socioeconômico, meio ambiente, equidade racial e justiça social. 

Desde nossa fundação em 1973, medimos nosso sucesso pelo de nossos clientes e temos o orgulho de manter o mais alto nível de satisfação em nossa indústria. Saiba mais em www.bain.com.br e em nosso LinkedIn Bain & Company Brasil

Net Promoter®, NPS®, NPS Prism®, and the NPS-related emoticons are registered trademarks and Net Promoter Score℠ and Net Promoter System℠ are service marks of Bain & Company, Inc., Satmetrix Systems, Inc., and Fred Reichheld.